Ao reservar a partir do nosso website

Melhor preço disponível

Bebida regional de boas vindas

Cromeleque dos Almendres

“Sítio arqueológico composto por diversas estruturas megalíticas: cromeleque, menir e pedras, pertencendo a primeira ao denominado "universo megalítico eborense". 
O cromeleque foi descoberto pelo investigador Henrique Leonor Pina, em 1964, quando se procedia ao levantamento da Carta Geológica de Portugal.  

Abrangendo uma larga faixa cronológica, desde o Neolítico Médio até à Idade do Ferro - i.e., desde finais do 6.º até inícios do 3.º milénio a. C. -, este sítio apresenta, entre outros elementos, um cromeleque de planta circular irregular, composto por c. de 95 monólitos graníticos. 

Trata-se de um sítio cultual com forte carga mágico-simbólica, que denuncia um exemplo singular de reutilização de um mesmo espaço sacralizado ao longo dos tempos. Reflecte, também por isso, as próprias transformações económicas, sociais e ideológicas ocorridas nesta larguíssima faixa temporal e neste que é considerado, até ao momento, o maior conjunto de menires estruturados da nossa península, e um dos mais relevantes do megalitismo europeu.” 

Fonte: Site DGPC – Direção Geral do Património Cultural 

Ver site

GPS: 38°33'26.7"N | 8°03'39.2"W 

Notícias

Exposição Fado - Pintura & Joalharia

Fado, Pintura & Joalharia estará patente de 7 de Julho a 26 de Agosto de 2018....

Seleção hotéis de luxo

Fomos mais uma vez destacados no portal Zankyou como referência numa...

Programas

Rota dos Vinhos

Quem visita o Enoturismo Cartuxa tem a oportunidade de usufruir da envolvência única da Quinta de Valbom, da sua...

Rota da Cortiça

CORK&CORK é uma experiência de natureza que lhe permite uma aproximação ao produto – a cortiça...

Pontos de interesse

Sé Catedral de Évora

A Sé de Évora é a maior Catedral medieval do país (…)...

Universidade de Évora

A Universidade de Évora foi a segunda universidade a ser fundada em Portugal. Após a...

Newsletter

Receba campanhas exclusivas no seu email.