Ao reservar a partir do nosso website

Melhor preço disponível

Bebida regional de boas vindas

Cromeleque dos Almendres

“Sítio arqueológico composto por diversas estruturas megalíticas: cromeleque, menir e pedras, pertencendo a primeira ao denominado "universo megalítico eborense". 
O cromeleque foi descoberto pelo investigador Henrique Leonor Pina, em 1964, quando se procedia ao levantamento da Carta Geológica de Portugal.  

Abrangendo uma larga faixa cronológica, desde o Neolítico Médio até à Idade do Ferro - i.e., desde finais do 6.º até inícios do 3.º milénio a. C. -, este sítio apresenta, entre outros elementos, um cromeleque de planta circular irregular, composto por c. de 95 monólitos graníticos. 

Trata-se de um sítio cultual com forte carga mágico-simbólica, que denuncia um exemplo singular de reutilização de um mesmo espaço sacralizado ao longo dos tempos. Reflecte, também por isso, as próprias transformações económicas, sociais e ideológicas ocorridas nesta larguíssima faixa temporal e neste que é considerado, até ao momento, o maior conjunto de menires estruturados da nossa península, e um dos mais relevantes do megalitismo europeu.” 

Fonte: Site DGPC – Direção Geral do Património Cultural 

Ver site

GPS: 38°33'26.7"N | 8°03'39.2"W 

Notícias

Concertos Únicos - Unique Stays

No dia 16 de Fevereiro pela hora de jantar o M’ar de ar Aqueduto vai receber um acústico da Sara Cruz....

Jantar de Natal, Empresas e Famílias

Não sabe onde fazer o jantar de Natal da sua Empresa ou da sua Família? 
Nos M'AR de...

Programas

Last minute Fevereiro

São Valentim 2019

Évora é uma das cidades mais românticas de...

Pontos de interesse

Praça do Sertório

Os Paços do Concelho de Évora são palco não só...

Praça Do Giraldo

Em Évora, todos os caminhos...

Newsletter

Receba campanhas exclusivas no seu email.